Beto Richa é preso na operação Lava Jato

Beto Richa, sua mulher Fernanda e seu fiel escudeiro Deonilson Roldo, presos hoje pela manhã na 53º operação da Lava Jato.
O Paraná é mais uma vez envergonhado por atos de corrupção.
O jornalista e apresentador de tv Carlos Moraes, censurado pelo poder da mídia pública perdeu o espaço democrático durante o governo Beto. Na época, foi perseguido e processado com a absolvição em seguida, tendo que trabalhar em outras regiões do país.
Fernanda Richa, ex-secretária de Estado, à cerca de seis meses esteve em Cascavel para conceder entrevista e quando ficou sabendo que o entrevistador seria Carlos Moraes, virou as costas e disse que jamais seria entrevistada por ele. O jornalista mesmo depois de ter sofrido todo esse massacre na imprensa da capital faz a seguinte colocação:
“Sou profissional e não teria nenhum problema em abrir espaço para a família Richa poder exercer o direito de ampla defesa. A perseguição praticada por Richa, Denilson Roldo e outros aliados desse governo não atingem a minha pessoa mas a todos os Paranaenses”. 

Carlos Moraes

Carlos Moraes

Carlos Moraes, natural da cidade de Maringá – PR, jornalista, publicitário, formado em Marketing e pós graduado em gestão pública com enfase em cidades. É atualmente apresentador de Catve, empresário e palestrante com especialidade em implantação de programação local e regional em emissoras de TV. Moraes já trabalhou como repórter e apresentador em TVs afiliadas a Rede Globo, Bandeirantes, Rede TV, SBT, Educativa, Record e CNT. Fundou o jornal “Agora Paraná” na região metropolitana de Curitiba. Já escreveu nos principais jornais impressos do Paraná e trabalhou na implantação programas em diversas emissoras de rádio Brasil a fora. Em Cascavel trabalhou nas Rádios Colméia e Independência!

Ver todas as postagens

Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *