Atual contrato segue até 2021, Governo do Paraná já mostrou interesse de assumir a responsabilidade 

É evidente que a concessão das rodovias federais para a iniciativa privada melhorou a malha viária no Paraná. O anel viário criado em 1996, abrangeu 2,5 mil quilômetros em todas as regiões do estado.

Hoje, quase ninguém lembra da dificuldade que existia para trafegar pela BR 277, por exemplo, cheia de buracos. Mas nem tudo saiu como o planejado.

Os projetos de duplicação não saíram do papel e o valor das taxas de pedágio subiram além do esperado e nem mesmo as tentativas de derrubar o contrato de concessão funcionaram, mas a hora da mudança está chegando.

Este atual modelo de concessão das rodovias está terminando, e daqui a três anos encerra-se o contrato que não será renovado. O governo do estado do Paraná já mostrou interesse em assumir a responsabilidade de criar um novo modelo de concessão que começa à ser discutido.

Para a governadora do Paraná, Cida Borghetti que participou da primeira audiência para criar um novo modal de concessão, e como a região do oeste representa a força do agronegócio no estado, não dá mais para aceitar o atual sistema. O novo modelo de concessão deve receber sugestões de todas as regiões, começando por Cascavel.

A Agepar (Agência Reguladora do Paraná) vai ser a responsável pelo levantamento de tudo o que foi feito dentro do contrato atual, ela deve confirmar os benefícios e apresentar as deficiências no sistema. A ideia é que um novo modelo de concessão esteja definido, antes do final do contrato atual.

Além da Eco cataratas, responsável pelo trecho da BR-277 entre Foz do Iguaçu e Guarapuava, atuam no Paraná a Econorte, a Viapar, Caminhos do Paraná, a Rodonorte e a Ecovia. 

Fonte : Jornal da Catve 2ª Edição

Carlos Moraes

Carlos Moraes

Carlos Moraes, natural da cidade de Maringá – PR, jornalista, publicitário, formado em Marketing e pós graduado em gestão pública com enfase em cidades. É atualmente apresentador de Catve, empresário e palestrante com especialidade em implantação de programação local e regional em emissoras de TV. Moraes já trabalhou como repórter e apresentador em TVs afiliadas a Rede Globo, Bandeirantes, Rede TV, SBT, Educativa, Record e CNT. Fundou o jornal “Agora Paraná” na região metropolitana de Curitiba. Já escreveu nos principais jornais impressos do Paraná e trabalhou na implantação programas em diversas emissoras de rádio Brasil a fora. Em Cascavel trabalhou nas Rádios Colméia e Independência!

Ver todas as postagens

Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *