Na segunda-feira (03), um grupo de trabalhadores ainda finalizava alguns serviços no trevo de acesso a Capitão Leônidas Marques. Eles trabalham nas alças da estrutura e só não teriam deixado o canteiro ainda porque foram realizadas escavações naquele ponto, o que pode oferecer riscos ao tráfego e esse processo precisa ser concluído.

Já na ponte sobre o Rio Iguaçu, trabalhadores disseram à reportagem que foi realizada a concretagem de parte da estrutura e que agora as obras cessaram de vez.

Os funcionários estão deixando o trecho aos poucos e apenas dois deles, um gerente e um engenheiro, não assinaram o aviso prévio. Os avisos dos demais deve ter o prazo esgotado em poucos dias.

Conforme a edição da última sexta-feira (31) do Jornal O Paraná, o prazo dado pelo consórcio que executa as obras para que a União repassasse recursos expirou no fim de semana.

Questionada mais uma vez sobre o encaminhamento de verbas, a Superintendência do Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) no Paraná apenas repetiu que “a questão de contratação e/ou dispensa de funcionários pelo consórcio contratado para as obras não é de responsabilidade do Dnit, cabendo exclusivamente à contratada conforme sua programação de trabalho”.

Quanto ao repasse de recursos para o trecho, o Dnit respondeu, em nota, que “sobre questões orçamentárias e previsões de repasse, pedimos que entre em contato com o Ministério dos Transportes que é o responsável para tratar dessas questões, sendo o Dnit apenas órgão executor”.

O Ministério dos Transportes foi questionado, mas até o fechamento desta edição não retornou.

O Paraná

Carlos Moraes

Carlos Moraes

Carlos Moraes, natural da cidade de Maringá – PR, jornalista, publicitário, formado em Marketing e pós graduado em gestão pública com enfase em cidades. É atualmente apresentador de Catve, empresário e palestrante com especialidade em implantação de programação local e regional em emissoras de TV. Moraes já trabalhou como repórter e apresentador em TVs afiliadas a Rede Globo, Bandeirantes, Rede TV, SBT, Educativa, Record e CNT. Fundou o jornal “Agora Paraná” na região metropolitana de Curitiba. Já escreveu nos principais jornais impressos do Paraná e trabalhou na implantação programas em diversas emissoras de rádio Brasil a fora. Em Cascavel trabalhou nas Rádios Colméia e Independência!

Ver todas as postagens

Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *