O Grêmio contou com dois gols do meia Ramiro para largar com vitória no Campeonato Brasileiro, mas não foi o único personagem de destaque na vitória tricolor por 2 a 0 sobre o Botafogo, domingo, na Arena. Para jornalista Maurício Saraiva, comentarista da RBS TV, o garoto Arthur – chamado de Iniesta por amigos da base – teve papel fundamental na conquista dos três pontos na primeira rodada (assista ao vídeo)
– Tem uma soma de fatores interessante: o tempo de treinamento, de repouso, o tempo para conversar, mas há também um fator técnico-tático representado por essa figura chamada Arthur. Não quero transformá-lo num jogador maior do que ele é aos seus 20 anos de idade, mas ele já é muito bom jogador. Ele teve um erro de passe no primeiro tempo. Parei de contar no segundo tempo porque a atuação dele – gigante – foi tão boa, como fluência do meio-campo, transição do meio-campo. É aquele cara que faz “um-dois”, só se aproxima do jogador que está com a bola, se apresenta como alternativa, e imediatamente recebe e continua se apresentando. É o cara que faz o jogo facilitar para seus companheiros – avaliou.

Saraiva lembrou que o jovem foi apelidado de Iniesta nas categorias de base, mas considerou a comparação “pesada” para Arthur, que ganhou a vaga após a suspensão do lateral-direito Edílson. Apesar da ressalva, o comentarista vê muita qualidade no jogador e não demonstra surpresa com o futebol apresentado pelo volante diante do Botafogo.
– Finalmente ele entrou como titular e deu a resposta que todos nós imaginávamos que ele daria (…) Entre os parceiros de base, o apelido do Arthur, pelo índice de acerto de passes, era Iniesta. Claro que vamos proporcionar, fazer uma comparação muito distante para não pesar toneladas nas costas de um menino, que está entrando agora. Mas é um jogador que tem o carimbo de boa qualidade. Geralmente há uma transição onde alguma coisa se perde, ele oscila, sente o jogo, e com o Arthur não aconteceu isso porque sua primeira partida como titular foi no Paraguai contra o Guaraní, pela Libertadores, e ele foi o melhor em campo. Desde então, começou-se a pedir de modo geral a presença do Arthur no time titular. O Renato (Portalluppi) teve suas razões para demorar a colocá-lo, ontem (domingo) colocou e a resposta foi melhor possível – disse.
O Grêmio volta a jogar no Campeonato Brasileiro no próximo domingo, às 16h, quando encara o Atlético-PR na Arena da Baixada. Antes, entra em campo pela Copa do Brasil: recebe o Fluminense, quarta-feira, às 21h45, no jogo de ida das oitavas de final.

Carlos Moraes

Carlos Moraes

Carlos Moraes, natural da cidade de Maringá – PR, jornalista, publicitário, formado em Marketing e pós graduado em gestão pública com enfase em cidades. É atualmente apresentador de Catve, empresário e palestrante com especialidade em implantação de programação local e regional em emissoras de TV. Moraes já trabalhou como repórter e apresentador em TVs afiliadas a Rede Globo, Bandeirantes, Rede TV, SBT, Educativa, Record e CNT. Fundou o jornal “Agora Paraná” na região metropolitana de Curitiba. Já escreveu nos principais jornais impressos do Paraná e trabalhou na implantação programas em diversas emissoras de rádio Brasil a fora. Em Cascavel trabalhou nas Rádios Colméia e Independência!

Ver todas as postagens

Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *